MENU

Tsunami chega a Filipinas, Indonésia e Havaí

Tsunami chega a Filipinas, Indonésia e Havaí

Atualizado: Sexta-feira, 11 Março de 2011 as 12:02

Um tsunami atingiu Filipinas, Indonésia e Havaí nesta sexta-feira, após ondas gigantes terem causado destruição na região norte do Japão. O tsunami foi provocado por um forte tremor de 8,9 graus de magnitude na costa nordeste japonesa.

Nas Filipinas e na Indonésia, autoridades disseram que as ondas foram pequenas e não causaram danos. No Havaí, a previsão é que as ondas tenham no máximo dois metros de altura. O alerta de tsunami está vigente para todo o Oceano Pacífico, incluindo Chile, Canadá, Rússia, Nova Zelândia e toda a costa oeste dos Estados Unidos.

No momento em que o alerta foi emitido, o Havaí ordenou a retirada da população das áreas costeiras. Os principais aeroportos em pelo menos três das principais ilhas - Maui, Kauai e a Ilha Grande do Havaí - foram fechados como precaução, e a Marinha americana ordenou que todos os navios de guerra em Pearl Harbor permaneçam no porto para apoiar as missões de resgate conforme necessário.

Segundo o brasileiro Antonio Martins, que está em Oahu, no lado norte da ilha, o alerta de tsunami foi emitido por volta das 22h30. Depois disso, as sirenes continuaram tocando de hora em hora. Na madrugada, as pessoas foram levadas para lugares altos, onde ainda permanecem.

"Estamos desde 1h no alto do morro, dentro do carro. Está lotado de carros aqui. Há variação de maré e a polícia não permite que ninguém saia do alto do morro", conta. "Só vamos poder descer quando o mar estiver estável".

O presidente Barack Obama, nascido no Havaí, instruiu a Agência Federal de Administração de Emergências dos EUA para que fique preparada para ajudar os Estados e territórios norte-americanos, informou a Casa Branca.

"Continuaremos a monitorar de perto os tsunamis ao redor do Japão e no Pacífico e estamos pedindo aos nossos cidadãos na região afetada para que ouçam as autoridades estatais e locais", disse Obama em comunicado.     Maior tremor da história do Japão

De acordo com o Instituto de Geofísica dos Estados Unidos (USGS), o terremoto desta sexta-feira é o maior já registrado no Japão e o 7° maior da história mundial. 

Foram registrados mais de 30 tremores secundários no país, a maioria de 6 graus de magnitude.

Até hoje, o mais forte terremoto do Japão tinha acontecido em 1933. Com 8,1 graus de magnitude, o tremor atingiu a região metropolitana de Tóquio e matou mais de 3 mil pessoas.

Os tremores de terra são comuns no Japão, um dos países com mais atividades sísmicas do mundo, já que está localizado no chamado "anel de fogo do Pacífico".

O país é atingido por cerca de 20% de todos os terremotos de magnitude superior a 6 que acontecem em todo o planeta.      

veja também