MENU

Turista italiana é sequestrada na Argélia por grupo ligado à al-Qaeda

Turista italiana é sequestrada na Argélia por grupo ligado à al-Qaeda

Atualizado: Sexta-feira, 4 Fevereiro de 2011 as 1:56

Uma mulher italiana que fazia uma viagem no sul da Argélia foi sequestrada por homens afiliados à célula da rede terrorista da al-Qaeda no norte da África, informou uma fonte de segurança do govenro nesta sexta-feira.

O sequestro ocorreu na região de Alidem, 130 km ao sul de Djanet, a principal cidade do sudeste argelino.

A mulher de 56 anos, cuja identidade não foi revelada, estava com um motorista e um guia, que foram soltos logo depois.

A fonte informou que serviços de segurança acreditam que os sequestradores sejam um grupo de jovens homens que estavam presos e se uniram ao grupo al-Qaeda no Magreb Islâmico, logo depois de terem sido soltos, cinco ou seis meses atrás.

O jornal em língua árabe "El-Churuk" informou que a mulher teria sido levada para o Níger.    

veja também