MENU

UE adia anúncio sobre ajuda a países pobres

UE adia anúncio sobre ajuda a países pobres

Atualizado: Sexta-feira, 11 Dezembro de 2009 as 12

No primeiro dia da cúpula de chefes de Estado e de Governo da União Europeia, realizada em Bruxelas, na Bélgica, não houve um anúncio oficial do valor que será oferecido pelo bloco aos países em desenvolvimento para lutarem contra a mudança climática, mas o número pode chegar a 5,4 bilhões de euros.

Pelo menos, de acordo com o presidente da França, Nicolas Sarkozy, que afirmou em entrevista coletiva que os líderes europeus já se dispuseram a contribuir com 1,8 bilhão de euros por ano no período 2010-2012, embora não tenha informado a quantia oferecida por seu país. Para o primeiro-ministro sueco, Fredrik Reinfeldt, existe um esforço para que a ajuda seja efetiva e significativa:

''Estamos trabalhando ainda para que os países europeus anunciem sua colaboração de forma voluntária. Vamos trabalhar toda a noite para reunir um número''.

Se amanhã for confirmada a contribuição europeia, terão sido superadas as expectativas da própria Comissão, que em setembro calculou que os membros comunitários deveriam apresentar entre 500 milhões e 1,5 bilhão de euros anuais para esse triênio. Já algumas organizações ambientalistas dizem que a UE tenta desviar o foco ao dar tanta importância à ''contribuição antecipada'', ao invés de revelar se elevará seu compromisso de redução de emissões poluentes de 20% para 30% como havia prometido.

veja também