MENU

Uso de véu em hospital financiado pelo Irã gera polêmica

Uso de véu em hospital financiado pelo Irã gera polêmica

Atualizado: Terça-feira, 1 Dezembro de 2009 as 12

A obrigatoriedade de mulheres usarem véus para cobrir o corpo e a cabeça tem gerado polêmica antes mesmo de começar a funcionar um hospital financiado pelo governo iraniano na Bolívia. A unidade, que fica em El Alto, subúrbio de La Paz, nos Andes, foi inaugurado recentemente durante a visita do presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, ao país.

Os jornais ''El Diário'' e ''La Razón'' publicaram fotos de mulheres usando véu no hospital - que começará a funcionar em janeiro -, além de declarações sobre o uso da vestimenta.

Mas enquanto uma diz que o uso da vestimenta é obrigatório, a outra ressalta que é facultativo.

''Nos disseram que se quiséssemos ser contratadas no hospital deveríamos usar o véu. Como preciso do trabalho, não tenho outra opção'', disse à BBC uma enfermeira, que não quis se identificar.

A funcionária administrativa responsável pelos funcionários do hospital, Pou Mount, disse que usava o véu ?como parte do uniforme, sob o conceito de que este é um pedacinho do Irã na Bolíva?.

Ela disse que, na entrevista de seleção, foi perguntado se as mulheres ''concordavam com as regras'' e que ''todas concordaram''. ''Ninguém é obrigada a usar o véu', disse.

veja também