MENU

Veja repercussão de renúncia de Mubarak pelo mundo

Veja repercussão de renúncia de Mubarak pelo mundo

Atualizado: Sexta-feira, 11 Fevereiro de 2011 as 3:07

A chefe da diplomacia da União Europeia, Catherine Ashton, disse nesta sexta-feira (11) que respeita a decisão de Hosni Mubarak de renunciar à Presidência do Egito e pediu "diálogo" para a formação de um governo de base ampla.

Ela também apelou por uma transição ordeira para a democracia e por eleições livres e justas no Egito.

Veja o que outros países disseram obre a mudança de poder no país árabe:

EUA

O presidente dos EUA, Barack Obama, iria fazer um pronunciamento às 16h30, horário de Brasília, sobre a decisão de Mubarak, segundo a Casa Branca.

Obama e o bloco europeu pressionaram pela saída de Mubarak, antigo aliado dos EUA na região. O presidente americano inicialmente pediu uma "transição imediata", ou seja, a saída imediata de Mubarak, mas depois atenuou sua posição.

Israel

O país espera que o período de transição que se abre no Egito com a saída do presidente Moubarak ocorra sem sobressaltos, afirmou uma fonte do governo israelense. "Esperamos que para o Egito, assim como para seus vizinhos, a transição para a democracia transcorra sem sobressaltos", enfatizou o dirigente, que não quis ser identificado. A fonte também reafirmou a necessidade de preservar o tratado de paz concluído entre Israel e o Egito em 1979.

Hamas

O movimento islâmico palestino Hamas, que controla a Faixa de Gaza, cumprimentou nesta sexta-feira o "início da vitória da revolução" egípcia.

veja também