MENU

Vizinha do Haiti, República Dominicana também tremeu

Vizinha do Haiti, República Dominicana também tremeu

Atualizado: Quinta-feira, 14 Janeiro de 2010 as 12

Os enviados especiais da Rede Globo Lília Teles e Luís Cláudio Azevedo chegaram à República Dominicana, país vizinho do Haiti, que também sentiu os efeitos do tremor da última terça-feira.

Os repórteres chegaram em Santo Domingo, na República Dominicana, divisa com o Haiti, no começo da tarde desta quarta-feira, por volta das 15h, horário de Brasília. É para lá que estão indo todas as equipes da imprensa mundial porque é mais fácil sair de Santo Domingo, em direção a Porto Príncipe, capital do Haiti, um país totalmente devastado pelo terremoto da última terça-feira.

Mas, ainda assim, existem muitas dificuldades: todos os voos foram cancelados porque o aeroporto de Porto Príncipe está fechado e só pousam lá os helicópteros com ajuda humanitária. Isso dificulta também o embarque de voluntários e de equipes de resgate que trabalhariam na retirada das pessoas dos escombros. Todas essas equipes que querem ir para Porto Príncipe são orientadas a levar água, comida e barraca, porque comida é bastante escassa, não existe água potável e nem lugar para passar a noite.

O governo na República Dominicana enviou várias ambulâncias durante a madrugada. O tremor também foi sentido no local e deixou a população bastante assustada na última terça-feira, mas nada que se compare ao Haiti, o país caribenho mais pobre da região, e que precisa da ajuda de todo mundo.

veja também