MENU

WikiLeaks: Israel já preferia Suleiman como substituto

WikiLeaks: Israel já preferia Suleiman como substituto

Atualizado: Terça-feira, 8 Fevereiro de 2011 as 2:04

O vice-presidente do Egito, Omar Suleiman, já era visto por Israel como o candidato preferido para substituir o presidente Hosni Mubarak, como mostram telegramas diplomáticos secretos dos Estados Unidos. Em uma mensagem de agosto de 2008, divulgada pelo site WikiLeaks e publicada pelo jornal britânico Daily Telegraph em seu site, um alto assessor do Ministério da Defesa israelense disse a diplomatas norte-americanos em Tel-Aviv que os israelenses acreditavam que Suleiman poderia assumir "ao menos como presidente interino se Mubarak morrer ou ficar incapacitado".

Luis Moreno, diplomata norte-americano que qualificou a mensagem como confidencial, escreveu que embora a embaixada no Cairo devesse fazer uma análise do cenário de sucessão no Egito "não há dúvida de que Israel prefere a opção" de Suleiman.

O telegrama diz que David Hacham, assessor do Ministério de Defesa israelense, afirmou que uma delegação israelense dirigida pelo primeiro-ministro Ehud Barak estava "impressionada pelo aspecto envelhecido e a fala desarticulada de Mubarak" quando se reuniu com ele no Egito. "Não obstante, Hacham fez muitos elogios a Soliman". Suleiman era chamado de Soliman em algumas das mensagens.

Hacham acrescentou que algumas vezes ele mesmo falou com o representante de Suleiman várias vezes ao dia por meio de uma linha privada, segundo os telegramas diplomáticos. No domingo, Suleiman se reuniu com vários grupos de oposição, entre eles a Irmandade Muçulmana, e pela primeira vez ofereceu novas concessões, entre elas a liberdade de imprensa e a libertação dos detidos durante os protestos recentes.    

veja também