MENU

Dólar comercial abre em alta de 0,31%, a R$ 1,621

Dólar comercial abre em alta de 0,31%, a R$ 1,621

Atualizado: Sexta-feira, 20 Maio de 2011 as 11:31

SÃO PAULO - O dólar comercial abriu o dia em alta de 0,31%, negociado a R$ 1,621 no mercado interbancário de câmbio. No pregão de ontem, a moeda americana avançou 0,37% e foi cotada a R$ 1,616 no fechamento. Na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F), o dólar à vista abriu

em alta de 0,14%, a R$ 1,6175.

Esta sexta-feira traz uma agenda fraca tanto no Brasil quanto no exterior. No mercado internacional de moedas, o desempenho mais claro é o do euro, que cai fortemente ante o dólar. Diante das demais moedas, a valorização da moeda norte-americana era mais tímida. Enquanto espera novidades, o mercado brasileiro de câmbio continua sendo influenciado por notícias velhas. A crise das dívidas soberanas na Europa e a fraqueza da economia dos Estados Unidos, com as consequentes implicações, continuam no topo da lista de preocupações.

O mercado também continua de olho na inflação e nas medidas que ainda podem ser tomadas para combater a alta de preços. Ontem, o diretor de Política Econômica do Banco Central (BC), Carlos Hamilton Araújo, disse que o ritmo da economia já caiu, mas ainda está mais forte que o desejado. Hoje, o único indicador de relevância no Brasil trouxe uma boa notícia: o Índice de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA-15) de maio apontou inflação de 0,70%, ante taxa de 0,77% em abril. Economistas esperavam alta de preços entre 0,61% e 0,85%, com mediana de 0,73%.

Os operadores de câmbio vão continuar acompanhando as informações do fluxo, que ainda busca um comportamento padrão após a decisão do governo de elevar o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) em empréstimos externos de até dois anos. O que já se observa é que os exportadores aumentaram a presença no mercado, aproveitando a volta do dólar para níveis superiores a R$ 1,60.

veja também