MENU

'Maníaco da Lanterna' é julgado por matar mulher em Mato Grosso

'Maníaco da Lanterna' é julgado por matar mulher em Mato Grosso

Atualizado: Sexta-feira, 20 Maio de 2011 as 1:23

'Maníaco da Lanterna' é julgado por morte de mulher (Foto: Arquivo / TVCA)

  Começou nesta sexta-feira(20) o julgamento de Cláudio de Souza, mais conhecido como 'Maníaco da Lanterna'. Segundo a polícia, ele cometeu uma série de ataques a casais de namorados, entre os anos de 2001 e 2005, na região norte de Mato Grosso.

Cláudio será julgado nessa sexta-feira pela morte de Maria de Fátima dos Santos e pela tentativa de homicídio de Wanderley Singolo Rastado. Esse crime aconteceu em janeiro de 2002, em Alta Floresta, a 800 quilômetros de Cuiabá.  O julgamento começou às 08h e Cláudio já está sendo ouvido. A previsão é de que o julgamento dure todo o dia.

  Cláudio de Souza, mais conhecido como o 'Maníaco da Lanterna',  foi preso em flagrante, no início de abril de 2008, no bairro Cidade Alta, periferia de Alta Floresta. Segundo a polícia, Cláudio cometeu uma série de ataques a casais de namorados, entre os anos de 2001 a 2005, na região norte de Mato Grosso.

O caso chegou a ser exibido no programa 'Linha Direta', em setembro de 2007, na Rede Globo. Ele é acusado de ter matado ao menos nove mulheres e três vítimas continuam desaparecidas. O maníaco achava as vítimas nos locais ermos e escuros da cidade, onde os casais escolhiam para namorar. Pelo menos cinco das mulheres sofreram violência sexual antes de serem mortas.

Origem do nome

Cláudio andava armado. Se escondia pelo mato e usava uma lanterna para iluminar a escuridão. Como ninguém sabia a identidade do criminoso, ele ficou conhecido como o "Maníaco da Lanterna". Ele aproveitava da distração dos casais para atacar. Segundo a investigação, o acusado atirava primeiro nos homens e depois nas mulheres. O maníaco era andarilho e vivia pelo mato sempre carregando várias sacolas plásticas presas a uma bicicleta.          

veja também