MENU

PF deve ouvir 66 funcionários fantasmas e laranjas da Alep

PF deve ouvir 66 funcionários fantasmas e laranjas da Alep

Atualizado: Quinta-feira, 28 Abril de 2011 as 1:02

A Polícia Federal (PF) abriu inquérito para investigar os indícios de fraude no imposto de renda de funcionários da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). Até esta quinta-feira (28), três pessoas foram ouvidas e indiciadas por formação de quadrilha e estelionato contra a União (tiveram documentos e computadores apreendidos).

A investigação da Receita Federal teria começado em 2008. Pela gravidade das irregularidades, o Ministério Público Federal foi chamado. Na última terça-feira (26), a PF cumpriu mandados de busca e apreensão nas casas de uma funcionária da Casa (afastada temporariamente), uma ex-funcionária e de um contador contratado por elas. Os policiais também foram ao escritório dele.

Na sede do Legislativo, foram apreendidos computadores. O resultado da perícia deve sair na semana que vem. Até segunda-feira (2 de maio), um delegado da PF disse que 12 supostos funcionários fantasmas, já identificados pela Receita, devem ser ouvidos. Entre eles, as empregadas domésticas da funcionária demitida e do irmão da funcionária que está afastada do serviço.

A partir de terça-feira (3), serão ouvidos outros 54 servidores fantasmas e laranjas, que tiveram o nome usado ou emprestaram documentos para a quadrilha montar declarações de imposto de renda falsas.        

veja também