MENU

Problemas da adolescência movem a história de "Antes que o Mundo Acabe"

Problemas da adolescência movem a história de "Antes que o Mundo Acabe"

Atualizado: Quinta-feira, 19 Agosto de 2010 as 3:49

Em “As Melhores Coisas do Mundo”, Mano diz: “Não é impossível ser feliz depois que a gente cresce. Só fica mais complicado”. Seguindo esse mesmo mote, o filme “Antes que o Mundo Acabe” vem do Rio Grande so Sul e também explora as dificuldades, descobertas e dores de tornar-se adulto.

Na história, Daniel é um jovem que está preocupado com uma crise amorosa. Mim, sua namorada, pediu para que eles “dessem um tempo”. Para piorar, parece que Lucas, o melhor amigo dele, é a razão dessa separação.

Não são apenas problemas do coração que afligem Daniel. Ele nunca conheceu o pai, que saiu do país para seguir a carreira de fotógrafo quando a mãe de Daniel ainda estava grávida. Agora Daniel (o pai) tenta voltar a ter contato com Daniel (o filho) por cartas com reflexões e que contam como é a rotina de tirar fotografias do outro lado do mundo. O mérito do filme está em mostrar muito bem a forma por vezes desastrosa como os adolescentes encaram seus problemas. Muito do aprendizado dessa fase da vida acontece por tentativa e erro, tendo de conviver com as consequências desses erros.

“Antes que o Mundo Acabe” consegue retratar com sinceridade os dramas que acompanham o processo de amadurecimento, com direito a um porre homérico seguido de uma ressaca apocalíptica.

O roteiro tem a colaboração de Jorge Furtado (pioneiro dos filmes nacionais para o público jovem) e a participação dele fica evidente na narração feita por Maria Clara, irmã mais nova de Daniel vivida pela simpática Carolina Guedes. Todo o elenco jovem do filme é formado por atores novatos e, mesmo com algumas derrapadas, o saldo das interpretações é positivo.

Com uma profusão significativa de títulos jovens na cinematografia nacional contemporânea, o sensível “Antes que o Mundo Acabe” é mais indicado para quem já passou por essa fase da vida. Enquanto "As Melhores Coisas do Mundo" diverte os espectadores com a mesma faixa etária dos personagens, o filme gaúcho emociona quem quer relembrar e refletir sobre o período.

veja também