MENU

Lula fará visita a Sarney

Lula irá visitar Sarney

Atualizado: Segunda-feira, 16 Abril de 2012 as 11:56

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva visitará o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, informou a assessoria de imprensa de Lula nesta segunda-feira (16).

De acordo com a assessoria, o ex-presidente visitará Sarney assim que houver liberação por parte dos médicos. A equipe médica que trata Sarney, de 81 anos, decide nesta segunda se ele deixa a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital.

Sarney correu risco de um infarto depois que se sentiu mal na noite de sexta (13), em Brasília, segundo Roberto Kalil Filho, que coordena a equipe de médicos.

O senador chegou ao hospital na tarde deste sábado (14), quando fez exames que detectaram o entupimento de uma artéria. Na madrugada deste domingo (15) Sarney foi submetido a um cateterismo seguido de uma angioplastia.

Segundo boletim médico das 12h30 de domingo, o estado de saúde do senador é "estável". A expectativa é de que, mesmo que deixe a UTI, Sarney permaneça internado por cerca de uma semana.

O cateterismo é um exame feito por meio da introdução de um cateter em um vaso sanguíneo para chegar ao coração. Já a angioplastia é o desentupimento do vaso sanguíneo com o implante do “stent”, uma espécie de "molinha" colocada dentro do vaso.

Segundo Kalil, o stent, uma espécie de mola que é colocada para “abrir” a artéria durante a angioplastia, procedimento para desentupir o vaso sanguíneo, foi "muito bem colocada". O procedimento, entre o exame e a angioplastia, levou cerca de uma hora, de acordo com o médico.

Kalil contou que Sarney sentiu um "sintoma estranho" na sexta e ligou para o médico, que aconselhou que fosse ao hospital para exames. O senador antecipou, então, o check-up marcado para esta quinta (19).

O médico afirmou que, há quatro anos, o senador realizou um cateterismo e que ele tem hipertensão, “o que exige atenção, já que o coloca entre indivíduos de fator de risco”.

Roberto Kalil também foi o responsável pelo tratamento contra o câncer, no mesmo hospital, da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula. Ambos telefonaram para o hospital para saber do estado de saúde de Sarney.

veja também