Os 10 Mandamentos da Web, definidos pelos participantes do YouPIX

Os 10 Mandamentos da Web, definidos pelos participantes do YouPIX

Atualizado: Quinta-feira, 28 Abril de 2011 as 8:41

Sabe aqueles pensamentos que lhe ocorrem quando você entra nas redes sociais de mau humor, como "gente que twitta que tá indo ao banheiro para escovar os dentes deveria ser banida da internet", ou então "esse aí, só porque tem o aplicativo da lomo no celular, acha que é artista"? Pois essas regras mentais criadas em dias de rabugice ou de iluminação - depende do seu ponto de vista - foram discutidas a fundo em uma missa e transformadas em dez mandamentos no primeiro dia de Festival YouPIX.

Comandados pelo "padre" Gustavo Jreige, diretor de criação da Pólvora! Comunicação, e por Bia Granja, idealizadora do evento, apóstolos selecionados na platéia debateram alguns tópicos sobre redes sociais e formularam algumas "regrinhas" do que fazer para ser um cara legal na internet e do que não fazer de jeito nenhum. Aos fiéis, os Dez Mandamentos da Web:

"A informação é livre, desde que não kibada"

Esse mandamento vale para todas as fotos, ilustrações, textos, piadas e qualquer coisa que possa ser compartilhada na internet. Sim, a informação é livre e está ali para ser compartilhada, mas nada de pegar o que é dos outros e fazer de conta que é seu. Créditos são sempre bem vindos.

"Não julgarás o LOL alheio"

Tem gente que passa o dia falando bobagem na internet e se acha o piadista da social media. Mas, enquanto você acha o cara um loser, outra pessoa se mata de rir na frente do monitor. Também tem quem despretensiosamente solte as melhores piadas da timeline e, pra outras pessoas, não tenha graça nenhuma. Portanto, nada de reclamar do senso de humor alheio, deixe que cada um ria do que achar que deve rir.

"Tu és eternamente responsável por aquilo que twittas e por quem segues"

Esse assunto deu pano pra manga. Alguns apóstolos reclamaram daquelas pessoas que twittam que chegaram da academia e que as almôndegas do almoço estavam saborosas, mas um pouco secas, porque segundo eles, essa gente fica "floodando" a timeline com informações absolutamente irrelevantes. O pessoal do "diarinho" da internet foi bem criticado, até que alguém da platéia pegou o microfone e defendeu: "Quem achar ruim dá unfollow!". Por isso, então, o terceiro mandamento.

"Google é Deus"

Depois de muito debate, foi constatado que o Google não está na Terra, mas a Terra está no Google, basta acessar o Google Earth. Portanto, ele só pode ser uma entidade.

"Internet é dinheiro"

Quem comprova o quinto mandamento é a ilustradora Amanda Karoline, de 19 anos, que criou o blog Me Leva pro YouPIX para conseguir patrocínio para viajar de Natal a São Paulo e participar do evento. "É claro que a internet é dinheiro, eu consegui mais de dois mil reais para vir pra cá. Eu não tinha dinheiro e por causa da internet eu tô aqui", contou.

"Em caso de surpresas utilizarás o Alt+Tab com sabedoria"

Essa máxima surgiu quando o tema discutido era porn, mas vale também para qualquer coisa que você esteja vendo em vez de fazer pesquisa pro trabalho de geografia. Se a sua mãe abrir a porta do quarto sorrateiramente, aperte Alt+Tab!

"Todo mundo está sujeito a 15 kb de fama, para o bem ou para o mal"

Não adianta negar, todo mundo ter quer webcelebridade ou, pelo menos, um formador de opinião das redes sociais. Ter um blog relevante ou um Twitter cheio de seguidores importantes que te retwittam a todo momento ajuda a fazer sucesso com as meninas e não há quem não queira garantir seu lugar nessa brincadeira. E tentar a fama na internet pode dar muito certo, mas isso não significa que as pessoas vão rir com você. Às vezes a fama vem quando elas riem de você.

"Não farás com o próximo o que ele não solicitou"

Trocando em miúdos: só compartilhe informações sobre a sua colheita contente com quem tiver algum interesse nisso. Se só você curte joguinhos sociais em toda a sua rede de amigos, é bem provável que só você esteja achando legal a safra da cenoura da sua fazendinha.

"Não acumularás pratos e copos ao redor de si mesmo"

Existe uma linha tênue separando o uso saudável da internet, mesmo que demasiado, da patologia e da porquice. Se há copos e pratos juntando formigas ao seu redor, está na hora de sair da frente do monitor.

"Não alimente os trolls"

Trolls são pessoas que têm prazer em avacalhar discussões saudáveis, apontar defeitos em posts feitos cheios de amor e pisar no calo das pessoas via internet. Geralmente são pessoas que adoram falar uma verdade para os outros, mas que não revelam a real identidade e não dão a própria cara a tapa. Para esse pessoal sem coragem, a melhor resposta é ficar em silêncio. Quanto mais você discutir, mais relevantes os trolls se sentirão, e mais trollagens farão. E se você achar engraçado zoar as pessoas pela internet, lembre-se: "Troll é divertido, bullying não", define Bia Granja.

E o décimo primeiro mandamento, que não é bem uma regra, mas uma notificação: "Todo mandamento poderá sofrer alterações sem aviso prévio". Ou seja, como muitas das atrações do Festival YouPIX, a missa é brincadeira. Não leve tudo isso muito a sério e continue curtindo os memes e twittando que está na hora do jantar, se você achar legal.      

Por: Nathália Ilovatte

veja também