MENU

Geral

Pesquisa mostra que enviar SMS ou tuitar o conteúdo durante a aula ajuda no aprendizado

Enquanto o celular e a internet são vistos como vilão nas salas de aula, eles podem ser bem aproveitados

Fonte: Guiame, com informações do G1Atualizado: terça-feira, 23 de junho de 2015 15:17
Celular
Celular

Uma pesquisa feita pelos professores Jeffrey H. Kuznekoff e Scott Titsworth, da Universidade de Miami-Middletown, concluiu que tuitar e mandar mensagens de texto durante a aula pode ajudar os estudantes a se concentrarem e até entenderem melhor o conteúdo.

O estudo que prova que o uso de celular e o bom aproveitamento com o conteúdo em sala de aula foi feito com 145 auniversitários americanos. Mas os alunos que usaram o celular com outro propósito tiveram notas mais baixas do que os que focaram no objetivo.

Jeffrey H. Kuznekoff, um dos autores do estudo, conta que a ideia da pesquisa surgiu do dilema dos resultados finais influenciados pelo uso de celulares em aula.

"Se eu fosse um estudante universitário e me mostrassem que mandar mensagens de texto no celular durante a aula pudesse me prejudicar, isso me ajudaria a evitar o telefone na sala de aula", diz ele.

Os pesquisadores testaram os estudantes pedindo para que eles respondessem a mensagens de texto sobre o conteúdo dado na sala de aula. Também foi pedido para que os universitários variassem a forma das mensagens, podendo ser uma resposta a outra mensagem ou a composição de uma nova.

O ato de enviar mensagem de texto ou publicar sobre o conteúdo nas redes sociais é semelhante ao comportamento de tomar nota no caderno.

Para Kuznekoff, a interação online dos estudantes com o conteúdo da aula ainda não é a ideal e será necessária muita experimentação dos professores para ver o que realmente funciona de maneira significativa.

Mas ele frisa que é necessário encontrar a forma certa de usar a tecnologia, já que ela pode ser um problema, se mal aplicada.

 

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições