MENU

Geral

Saiba como usar o Enem para estudar em Portugal

O Brasil Escola ouviu estudantes brasileiros que entraram em universidades portuguesas com as notas do Enem. Saiba algumas informações.

Fonte: Guiame, com informações de Brasil EscolaAtualizado: quinta-feira, 19 de maio de 2016 20:11
A Universidade de Coimbra cobra 7 mil euros por ano para brasileiros. (Foto: Nelson Garrido)
A Universidade de Coimbra cobra 7 mil euros por ano para brasileiros. (Foto: Nelson Garrido)

Estudar no exterior parece ser um sonho inatingível para muitos brasileiros, mas que pode estar próximo da realidade do que se imagina. Desde 2014, alguns estudantes estão usando a nota do Enem para estudar em Portugal.

O Exame Nacional do Ensino Médio é a forma de ingresso de brasileiros em 15 instituições portuguesas, entre as quais estão as universidades de Coimbra (UC), Algarve (UAlg) e Porto (UP). As médias exigidas por estas instituições não costumam ser superiores às encontradas no Sistema de Seleção Unificada (SiSU), o que torna o sonho mais acessível.

Inscrição

As universidades portuguesas recebem as inscrições, também conhecidas como “candidaturas”, exclusivamente por suas páginas na internet. Os estudantes podem se candidatar em várias instituições ao mesmo tempo.

Durante o processo de convocação, normalmente, o estudante é avisado por e-mail ou telefone. A partir do momento do contato é preciso providenciar a documentação necessária, observando sempre o prazo estabelecido para que a vaga não seja perdida.

O estudante não precisa ir até Portugal antes do início as aulas, pois os procedimentos adotados pelas instituições são todos on-line.

Enem

Nos sites das instituições, o aluno pode conferir a base de cálculo para cada curso, levando em consideração quais provas possuem maior importância (o que é chamado de peso).

As universidades de Coimbra e Beira Interior, por exemplo, pedem aos estudantes que somem as notas das quatro áreas do conhecimento com a redação e dividam o resultado por cinco, cuja média é conhecida como nota global do Enem.

Aqueles que buscam ingressar em Medicina, não devem contar com o Enem para estudar em Portugal. A legislação do país não permite que estrangeiros entrem nesta graduação sem fazer o vestibular tradicional.

Matrícula

Para seguir com a matrícula, a lista de documentos exigidos varia de acordo com a instituição portuguesa. No geral, é necessário providenciar:

- Cópia da identidade e do passaporte;
- Declaração de conclusão do ensino médio;
- Notas do Enem;
- Seguro saúde;
- Vacina antitetânica;
- Visto temporário de residência.

Preço

Além dos custos com a mensalidade da universidade, chamada de “propina”, é importante se planejar para os gastos com moradia, alimentação e lazer.

A Universidade de Coimbra, por exemplo, cobra 7 mil euros por ano para brasileiros. A anuidade em Algarve varia entre 2 mil e 3,5 mil euros, possibilitando aos melhores colocados um desconto de 1,1 mil euros. Já a Universidade da Beira Interior possui cursos de 5 mil euros ao ano.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições