A expectativa de Deus é que sejamos verdadeiras bênçãos nesta Terra

O propósito da nossa vida é deixarmos o mundo melhor do que encontramos.

fonte: Guiame, Roberto de Lucena

Atualizado: Quarta-feira, 24 Fevereiro de 2021 as 1:08

Em Lucas no capítulo 13 nos versículos 6 a 9, o Senhor Jesus fala sobre um senhor o que tem uma vinha e que nesta vinha plantou uma Figueira. É claro que quem planta tem uma expectativa. E este senhor, a cada ano, quando ia buscar o fruto desta Figueira, não encontrava resultado. Por isso a sua frustração. Então, ele chama o vinhateiro e diz a ele: Eu tenho investido nesta Figueira, mas em nenhum ano ela me dá resultado. Portanto corte, tire-a, porque ela está ocupando a terra inutilmente. Mas o vinhateiro disse, Senhor, vamos dar mais uma oportunidade. Me permita trabalhar neste ano, para cavar a terra em torno da Figueira, adubar, preparar a terra e com certeza nós vamos ter uma expectativa.

Então se essa expectativa não for positiva, se ela não produzir frutos, o senhor corta. E se produzir frutos ela fica. Jesus, propositadamente não terminou a história. Deixou em aberto, para que nós pudéssemos dar a ela o final que nós desejássemos.  Eu, por exemplo, imagino que no ano seguinte aquela Figueira explodiu de frutos e que o dono da terra ficou muito satisfeito.

Quando eu leio esse texto, eu penso que esta é a perspectiva dos céus a respeito de cada um de nós, porque quando Deus nos plantou nesta vida, Ele tinha uma expectativa. Expectativa de que nós frutificássemos, de que nós produzíssemos resultado. E o conceito é simples, quem não frutifica, não tem o direito de ocupar a terra. Você ocupa a terra para frutificar, para ser uma bênção. Nós nascemos para sermos uma bênção para as pessoas que estão próximas a nós e para as pessoas que cruzam o nosso caminho, que passam pela nossa vida. Portanto, hoje, eu quero encorajar você a pensar nessa palavra. A limitação daquela Figueira não foi respeitada pelo dono da terra, pelo dono daquele pomar. Ele compreendeu e fez um novo investimento, mas não aceitou que aquela limitação fosse a justificativa para que a Figueira não produzisse resultados. Deus vai agir na sua limitação. Ele compreende os momentos que você vive. As marcas que a vida colocou em você, impingiu a você. Ele compreende os traumas, os medos as suas angústias. Ele compreende os seus temores, mas ele não aceita que nada disso se justifique a sua condição de não produzir resultado, de não frutificar e de não ser uma bênção. Por isso ele, pelo seu Espírito Santo, investe em você. E Ele investe a cada dia, a cada manhã que nasce, cada dia que nasce é uma chance, uma oportunidade de Deus concedida a você e a mim para que nós possamos frutificar, para que possamos ser uma bênção nessa vida e produzir resultados.

Que o Senhor Jesus te ajude. Seja uma bênção. Seja uma bênção para as pessoas que estão em volta de você. Que as pessoas que passarem pela sua vida se tornem melhores do que eram antes de te conhecerem, de se relacionarem com você. As pessoas que tiverem contato com você sejam melhores, elas estejam mais próximas de Deus, elas sejam mais espirituais, elas sejam mais bondosas, elas sejam melhores do que eram antes de ter em contato com você. Esse é o propósito da nossa vida. É passarmos por essa Terra e deixarmos um mundo melhor do que nós encontramos.

Que Deus te abençoe. Que Deus abençoe sua família, sua casa e que Deus abençoe o Brasil!

Roberto de Lucena é Pastor e Deputado Federal (Podemos) por SP. Presidente da Frente Parlamentar de Defesa dos Direitos Humanos e pela Justiça Social e ex-presidente da Frente Parlamentar de Liberdade Religiosa.

*O conteúdo do texto acima é uma colaboração voluntária, de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Leia o artigo anterior: Quem desiste, pode estar desistindo na véspera da sua vitória!

veja também