MENU

Israel

Site judaico aponta as 10 principais profecias bíblicas de 2021

O Israel365 traz notícias de Israel e do Oriente Médio em conexão com a Bíblia e eventos ligados às profecias.

Fonte: Guiame, com informações do Israel365Atualizado: quinta-feira, 30 de dezembro de 2021 17:35
Cúpula da Rocha e Muro das Lamentações, Monte do Templo, Jerusalém. (Foto: Ray in Manila / Flickr)
Cúpula da Rocha e Muro das Lamentações, Monte do Templo, Jerusalém. (Foto: Ray in Manila / Flickr)

O ano gregoriano de 2021 trouxe muito caos e eventos que mudaram o mundo, segundo escreveu David Sidman, no Israel365. Segundo o site judeu, eles têm trabalham para rastrear e identificar eventos mundiais que estão conectados à Bíblia ou estão diretamente ligados a alguma profecia.

Com esse olhar, o veículo, que traz notícias de Israel e do Oriente Médio, elencou dez fatos de 2021 que, segundo ele, estão relacionados às profecias.

Veja, em ordem decrescente, quais são eles:

10. A décima primeira notícia profética de 2021 foi o fato de que o rio Eufrates, o maior rio da Ásia Ocidental, está secando. O profeta Jeremias descreveu como as águas da Babilônia, a região que atualmente inclui a Síria e o Iraque, secariam como punição por suas práticas idólatras.

Originário do leste da Turquia, o Eufrates flui através da Síria e do Iraque para se juntar ao Tigre no Shatt al-Arab, que deságua no Golfo Pérsico. (Foto: Reprodução / Shutterstock)

“Cairá a seca sobre as suas águas, e secarão; porque é uma terra de imagens esculpidas, e pelos seus ídolos andam enfurecidos. Por isso habitarão nela as feras do deserto, com os animais selvagens das ilhas; também habitarão nela as avestruzes; e nunca mais será povoada, nem será habitada de geração em geração.” Jeremias 50:38,39

9. Em março, uma reconstituição do Korban Pesach (o serviço do Templo da Páscoa) foi realizada perto do Shaar HaAshpot (o portão de esterco) perto do Monte do Templo em Jerusalém. A data, o décimo dia do primeiro mês, foi significativa de várias maneiras.

8. Também em março, um novo algoritmo permitiu aos cientistas declarar que a terra sob nossos pés tem uma quinta camada, aproximando-se da ordem originalmente descrita no misticismo judaico. O Rabino Avraham Greenbaum, diretor do Instituto Azamra explicou, observando que o Sheol é descrito por Isaías como literalmente um buraco profundo na crosta terrestre.

7. Em maio, eclodiu um incêndio no Monte do Templo que lembrava muitos dos incêndios dos sacrifícios da primeira e segunda eras do Templo. O rabino Yosef Berger, da Tumba do Rei Davi no Monte Sião, ponderou ao dizer: “Esta é uma profecia exatamente como descrita na Bíblia.”

Rabino Lazer Brody e judeus diante do Muro das Lamentações enquanto a mesquita de al-Aqsa está em chamas. (Foto: Reprodução/Mendy Hechtman/Flash90)

6. Em julho, o renomado rabino israelense Daniel Asor alertou sobre uma aquisição globalista acontecendo neste momento. “Se Hitler é o Terceiro Reich, então a Nova Ordem Mundial é o quarto Reich. É o último encontro de Amaleque conosco antes da chegada do Messias”, disse ele. Com base nos ensinamentos da Cabala escritos pelo rabino e médico judeu italiano Rabino Moshe David Vali, que foi aluno e confidente do proeminente Cabalista Judeu Rabino Moshe Chaim Luzzatto (RaMCHaL), Rabino Asor revela as datas em que o Messias se revelará.

5. No mês passado, o Sinédrio decidiu preparar óleo suficiente para ungir o Messias da Casa de Davi que, quando voltar, governará Israel na era messiânica. O óleo da unção foi descrito na Bíblia para ser usado na consagração do Tabernáculo.

4. Uma estátua com implicações bíblicas foi erguida este mês em frente à sede das Nações Unidas na cidade de Nova York. A estátua, intitulada 'guardião da paz e segurança internacionais’, está situada na Praça dos Visitantes, do lado de fora da sede da ONU. Segundo a ONU, o 'guardião' é uma “fusão de onça e águia”.

Guardião da Paz na praça das Nações Unidas em Nova York. (Foto: Twitter/Missão da ONU no México)

3. Em fevereiro, a Amazon revelou os planos para sua nova sede corporativa que ficará em Arlington, Virgínia, do outro lado do rio Potomac de Washington DC. O anúncio descreve incorretamente o projeto como uma “dupla hélice”, mas os estudiosos da história antiga e da Bíblia reconhecerão prontamente o modelo antigo do projeto: a Torre de Babel.

2. Em maio, o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, deu uma entrevista coletiva na qual pediu ao mundo, incluindo a ONU, o Conselho de Segurança da ONU, a Organização de Cooperação Islâmica (OIC) e outras organizações internacionais para agirem com foco na luta contra Jerusalém para longe de Israel.

Rabino Pinchas Winston, um prolífico autor do fim dos tempos, observou que a situação atual com a Turquia se encaixa na profecia pré-Gogue e Magogue descrita em Zacarias, mas acrescentou que este deve ser apenas o começo das implicações bíblicas.

Tropas da ONU. (Foto: Reprodução / Shutterstock)

1. E o evento bíblico número um do ano ocorreu em julho, quando Rabi Yitzchak Batzri, um cabalista renomado de Jerusalém, reagiu à recente revelação das três primeiras letras do nome inefável de Deus de quatro letras que aparece no muro de contenção oriental do Monte do Templo, afirmando que, de acordo com a tradição judaica, este é de fato um sinal de que a redenção final é iminente.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições