Vila onde Jesus alimentou 5.000 pessoas é descoberta perto do Mar da Galileia

Os especialistas estão convencidos de que o local onde trabalham há 32 anos é o vilarejo de Betsaida.

fonte: Guiame, com informações do The Sun

Atualizado: Sexta-feira, 28 Agosto de 2020 as 1:37

Há muitas evidências de que já foi uma vila antiga. (Foto: Pen News / Bethsaida Excavations Project)
Há muitas evidências de que já foi uma vila antiga. (Foto: Pen News / Bethsaida Excavations Project)

Uma aldeia bíblica onde Jesus teria andado sobre as águas e alimentado 5.000 pessoas, foi desenterrada, de acordo com uma equipe de arqueólogos.

Os especialistas agora estão convencidos de que o local em que estão trabalhando há 32 anos é de fato o vilarejo de Betsaida, mencionado na Bíblia.

O local foi descoberto a apenas 1,5 Km do Mar da Galileia, onde algumas pessoas acreditam que Jesus andou sobre as águas.

Diz-se que Betsaida foi o lar de alguns discípulos, incluindo Pedro, e é mencionada como o local onde Jesus curou um cego.

Mapa indica o local, onde arqueólogos trabalham há 32 anos. (Foto: Pen News / Bethsaida Excavations Project)

De acordo com a Bíblia, Jesus amaldiçoou a aldeia à destruição porque seus residentes não se arrependeram e acreditaram em seus milagres.

O professor Rami Arav, da Universidade de Nebraska, disse recentemente que não tem dúvidas de que o sítio arqueológico de Et-Tell é na verdade a aldeia bíblica condenada.

Alguns especialistas argumentam que a água pode ter estado mais perto da aldeia nos tempos antigos.

veja também