Judeus doam US$ 5 milhões para ajudar missionários cristãos na África

Durante dez anos, o casal de judeus irá financiar uma organização de médicos missionários na África.

fonte: Guiame, com informações da CBN News

Atualizado: Sexta-feira, 22 Fevereiro de 2019 as 5:11

Judeus doam US$ 5 milhões para ajudar missionários cristãos na África. (Foto: Africa Mission Healthcare Foundation)
Judeus doam US$ 5 milhões para ajudar missionários cristãos na África. (Foto: Africa Mission Healthcare Foundation)

Um casal de judeus se dispôs a financiar missionários em toda a África pelos próximos dez anos. O empresário e filantropo Mark Gerson e sua esposa, Erica Gerson, estão doando US$ 5 milhões (equivalente a R$ 18.685.000, segundo o câmbio atual) para ajudar hospitais cristãos no continente.

“A Torá nos diz pelo menos 36 vezes para amar o estrangeiro”, disse Gerson à CBN News. “Quando eu e minha esposa, que é rabina, pensamos na melhor maneira de cumprir essa obrigação judaica de amar o estrangeiro, fomos levados à maneira mais eficaz e eficiente de colocar em prática, que é apoiar os médicos missionários cristãos que estão cuidando dos pobres na África”.

Trabalhando com a organização Africa Mission Healthcare Foundation (AMH), Gerson espera que os fundos possam promover aos africanos acesso à saúde de qualidade e compaixão para as próximas gerações.

De acordo com especialistas, os hospitais missionários cristãos fornecem um terço dos cuidados médicos na África. Gerson diz que essas instituições são vitais para o continente.

“Essas instituições não são apenas uma corda de salva-vidas vital mas, muitas vezes, são o único lugar onde os africanos pobres podem receber qualquer tipo de assistência médica”, observou Gerson.

Os hospitais missionários cristãos também servem como um lugar para treinar uma parte significativa da força de trabalho na área de saúde da África.

“Os hospitais missionários estão oferecendo cada vez mais treinamento avançado para cirurgiões, médicos familiares, pediatras e provedores técnicos, como enfermeiros anestesistas”, disse o Dr. Jon Fielder, co-fundador da African Mission Healthcare. “Os formandos chegam a esses centros educacionais de excelência dos países anfitriões e vizinhos”.

Fielder disse que o financiamento de 5 milhões de dólares será usado, durante a próxima década, para fortalecer dois hospitais cristãos na África.

“Este presente incrível da família Gerson irá permitirá apoiar dois hospitais novos, que estão crescendo na missão do ensino, e cada uma dessas instalações receberá US$ 250.000 por ano durante 10 anos, para ajudá-los a resolver uma variedade de problemas como água, energia, internet e bolsas de estudo para seus trabalhadores e moradia”, explicou Fielder.

Apoio e prestígio

A África não é novidade na vida do casal judeu. Em 2016, eles criaram o Prêmio L'Chaim para homenagear os serviços missionários médicos e oferecer uma ajuda de 500 mil dólares através do prêmio.

O primeiro Prêmio L'Chaim foi entregue em 2016 para o Dr. Jason Fader, um médico missionário que serve em uma vila remota no Burundi. Em 2017, o prêmio foi para o Dr. Russ White, cirurgião cardiotorácico do Hospital Tenwek, no Quênia. O premiado de 2018 foi o Dr. Rick Sacra, que arriscou sua vida para atender pacientes no auge do surto do vírus Ebola, em 2014, na Libéria.

“Essas pessoas são super-heróis”, disse Gerson, se referindo aos médicos missionários que servem na África. “O presente que eles dão à humanidade é extraordinário e, se eu não tivesse visto, não teria acreditado”.

“São verdadeiros super-heróis que estão dedicando suas vidas para viverem em condições que a maioria de nós consideraria impossível; fornecendo um cuidado indispensável para os africanos pobres”, acrescentou Gerson.

veja também