Denzel Washington reconhece que seu talento foi dado “pela graça de Deus”

Ator é conhecido por falar abertamente sobre sua fé e por defender valores cristãos.

Fonte: Guiame, com informações de CBN NewsAtualizado: segunda-feira, 21 de março de 2022 18:05
Denzel Washington. (Foto: Captura de tela/YouTube Variety)
Denzel Washington. (Foto: Captura de tela/YouTube Variety)

Durante uma entrevista no programa “Desus & Mero, da Shoptime, o ator vencedor do Oscar, Denzel Washington, de 67 anos, atribuiu seu talento e sucesso a Deus. 

Ao falar sobre as experiências adquiridas ao longo da carreira como ator, ele declarou: “Cheguei até aqui pela graça de Deus. Percebi que recebi Dele essa capacidade de atuar e dirigir”. 

Ele também contou que precisou estudar bastante para se aprofundar na profissão. “Tive que aprender mais, foi o que fiz e valeu a pena. Está valendo a pena agora”, compartilhou.

Tudo vem de Deus

Ele falou um pouco sobre seu  novo filme “A tragédia de Macbeth” e também sobre tantos papéis diferentes que o ajudaram a fortalecer suas habilidades

Ele conta que foi convidado a compartilhar uma importante lição em Hollywood que todos deveriam saber. 

“Uma das lições mais importantes da vida que todos deveriam saber é sobre a atitude de gratidão e humildade. É preciso entender de onde vem o presente”, disse ao reconhecer que tudo depende de Deus. 

Segundo o ator, tudo o que as pessoas recebem do Criador deve ser para ajudar os outros. “Use tudo o que você tem para ajudar pessoas, porque no seu último dia, não poderá levar nada disso com você”, aconselhou ao lembrar que os bens não acompanham o carro funerário. 

“Em guerra espiritual”

Denzel Washington é conhecido por falar abertamente sobre sua fé e sempre faz questão de lembrar que seu crescimento tem a ver com as orações recebidas ao longo da vida. 

“Recebi muitas orações e o apoio de muitas pessoas, mais especificamente da minha mãe e da minha esposa. Fui protegido por uma quantidade enorme de orações”, atribuiu. 

Em dezembro, Washington disse ao New York Times que ele é um “homem temente a Deus”, ao mesmo tempo em que alertava as pessoas para não se tornarem muito autocentradas.

“Esta é uma guerra espiritual. Então, não estou olhando para isso de uma perspectiva terrena. Se você não tiver uma âncora espiritual, será facilmente levado pelo vento e será levado à depressão”, disse também.

Apesar do dinheiro e da fama que Washington adquiriu, seu foco continua voltado para o céu. “Haverá duas filas, a fila longa e a fila curta, e estou interessado em estar na fila curta”, concluiu.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições