“Estamos vendo o reflexo na nação”, diz pastor após clamor por avivamento no Japão

A conferência Kingdom Movement impactou seus participantes em Kamisato, no Japão.

fonte: Guiame

Atualizado: Quarta-feira, 8 Maio de 2019 as 12:30

Pastor Rodrigo Salvitti em ministração na Igreja Apostólica Restaurando Nações, no Japão. (Foto: IARN Japan)
Pastor Rodrigo Salvitti em ministração na Igreja Apostólica Restaurando Nações, no Japão. (Foto: IARN Japan)

Após o término da conferência Kingdom Movement, em Kamisato, no Japão, muitas pessoas foram impactadas e carregam a expectativa de transformar sua nação através do Evangelho.

“A proporção do que Deus fez nestes três dias foi muito grande, não só no ambiente onde o evento foi realizado, mas também impactou muitas pessoas através da internet e das redes sociais. Estamos recebendo inúmeras mensagens de testemunhos de pessoas que foram tocadas através das ministrações e já estamos vendo o reflexo da conferência nesta nação”, observa o pastor Rodrigo Salvitti.

A conferência, que já está em sua 4ª edição, acontece anualmente na Igreja Apostólica Restaurando Nações (IARN) durante o feriado do Golden Week. O objetivo é reunir diversas denominações evangélicas para unificar e avivar a nação japonesa.

“A conferência teve como propósito atrair líderes de todo o Japão e diversos países — brasileiros, japoneses, italianos, portugueses e ingleses — para estarem em um ambiente profético, serem impactados e consequentemente voltarem a sonhar com o avivamento nesta nação. Parece que já começamos a colher seus frutos”, afirma a organizadora do evento, apóstola Vera Komino.

Entre os convidados especiais estiveram os pastores brasileiros Claudio Duarte e Luciano Subirá, que ministraram assuntos bíblicos em paralelo aos estrangeiros na nação japonesa. Houve também o testemunho da pastora Mary Duarte, esposa do pastor Claudio, e uma palavra sobre as estações de Deus por Kelly Subirá, esposa do pastor Luciano.

Também esteve presente o pastor Elias Marcelo Caetano, diretor da Missão Mãos Estendidas (MME), que tem mais de 350 igrejas e centros infantis espalhados pela África. A organização missionária está presente no Japão através de seus representantes no país, Bruno e Naliane Hamamoto (+81 70 4027 3880).

“Depois do término dessa conferência, posso com certeza dizer que superamos a expectativa. Tudo que projetamos, em termos de organização e resultado, foi acima da média. Na parte espiritual, foi tremenda a conexão dos ministros. Cada palavra e testemunho foi criando uma atmosfera da glória do Pai e as pessoas foram ativadas, restauradas, posicionadas e avivadas durante estes três dias”, Vera destaca.


Momento de oração em conferência na Igreja Apostólica Restaurando Nações, no Japão. (Foto: IARN Japan)

“Houve curas e renovo; muitos que chegaram desanimados na fé, foram ativados pelo poder da Palavra. Nós, como líderes dessa casa, ficamos muito gratos a Deus por tudo o que Ele fez e por poder fazer parte do que Ele desenhou para essa nação”, acrescenta Vera.

O atacante Leandro, do Kashima Antlers, esteve entre os participantes e falou sobre sua experiência. “Eu achei incrível. A presença de Deus estava muito forte e fiquei maravilhado com o que vivi nestes dias. Muitas coisas mudaram: minha forma de ver algumas coisas, alguns pensamentos meus, algumas atitudes minhas, dentre outras coisas. Fui tocado em todas as áreas, mas espiritualmente, foi onde cresci e aprendi bastante”, afirma.

“Foi intenso e marcante. Eu saí com o rosto encharcado de tanto chorar, a presença do Espírito Santo era real em todos os cultos”, comenta Priscila Haruki.

“Participamos da última conferência e foi um marco em nossas vidas, nosso ministério e igreja. Deus nos cercou com amor, completou a cura e firmou nosso chamado. Estamos encorajados a cumprir o chamado de Deus em nossas vidas”, disse Jenny Fernando Ban.

“Eu senti esse calor e realmente estava com problemas no fígado, creio que fui curada”, testemunha Carmem Lucia Gerino.

As informações são da pastora Adriane Salvitti.

veja também