Homem vence doença degenerativa após declarar cura sobre si mesmo

Numa cadeira de rodas, Tony estava morrendo aos poucos até ter um encontro com Deus.

Fonte: Guiame, com informações da CBN NewsAtualizado: quinta-feira, 7 de abril de 2022 15:15
Tony foi curado após ter um encontro com Deus. (Foto: Reprodução/CBN News).
Tony foi curado após ter um encontro com Deus. (Foto: Reprodução/CBN News).

Criado na fé católica, Tony tentou acreditar na bondade de Deus até perder dois amigos em um acidente de carro. Lidando com o luto, o jovem culpou o Senhor e foi tomado pela raiva. 

“A única maneira que eu sabia como lidar com isso era através da raiva, me cortando e não me importando. Porque se existe um Deus assim, eu não vou servir a Ele”, contou Tony, em entrevista à CBN News.

Crescendo em uma pequena cidade de Indiana, nos Estados Unidos, ele acreditava que ninguém podia amá-lo, nem mesmo Deus, criando uma imagem distorcida de que “Ele só queria lançar relâmpagos se você saísse um pouco da linha”. 

Já adulto, Tony começou a trabalhar como soldador em uma empresa. Durante toda sua vida, o jovem sentiu raiva de Deus e de todos.  

Então, aos 39 anos, ele conheceu uma mulher cristã chamada Deb, e se sentiu amado pela primeira vez. “Havia algo sobre ela que eu nunca experimentei. Ela sempre dizia que via ouro em mim, apesar das minhas ações. Eu queria o melhor para ela, e isso era muito incomum para mim”, disse Tony.

Porém, o amor de uma mulher não foi suficiente para amolecer seu coração calejado. Nesta época, o homem começou a sentir sintomas que indicavam que sua saúde não estava bem. 

“Eu acordava e ficava mortalmente cansado. Não conseguia manter meus olhos abertos. Eu não me importei. Quero dizer, para mim, iria passar”, relatou ele. 

Os sintomas se agravaram pelos dois anos seguintes, mas ainda assim, Tony não procurou ajuda médica até provocar um acidente no trabalho que quase matou seu colega. “Estou segurando este pedaço de aço e, de repente, não consegui mais segurá-lo. Quase caiu na cabeça dele. Era como se eu não pudesse arriscar a vida de outra pessoa”, disse.

Após consultar diversos especialistas, nenhum deles conseguiu diagnosticar o que ele tinha. Com o tempo, a mobilidade de Tony foi afetada, ele precisou usar uma bengala e acabou perdendo o emprego.

“Sempre consegui superar tudo sozinho e agora estou sendo demitido? Isso realmente doeu”, confessou ele.

Encontro sobrenatural com Deus


A doença degenerativa deixou Tony em uma cadeira de rodas. (Foto: Reprodução/CBN News).

Certa noite, Tony viu uma pregação na TV que o fez refletir que ele precisava de Jesus. “Uma emoção que eu nunca havia experimentado me atingiu. Foi nesse momento que eu soube que Jesus era real”, lembrou.

Entretanto, o homem continuava acreditando que Jesus não poderia o amar. “Eu era uma porcaria, eu era sujeira e lama. E não valia nada. E foi assim que vivi minha vida”, afirmou. 

Enquanto isso, Tony e Deb se casaram e sua saúde continuou piorando até ele ficar em uma cadeira de rodas motorizada. “Eu não conseguia respirar. Minha fala foi um grande problema. E foi nessa época que meus dedos começaram a enrugar”, contou.

Após três anos de procura pela causa de seus sintomas, Tony foi diagnosticado com um distúrbio neurológico degenerativo. “Oh meu Deus. Vai ficar pior do que já está”, pensou ele na época. “Então, eu estava passando por toda a gama de emoções o tempo todo, entre medo e raiva. Nesse ponto, eu estava como ‘esqueça isso, me deixe morrer’”.

Mas, em julho de 2012, enquanto refletia sobre uma matéria da crucificação de Jesus que havia lido, Tony teve um encontro com Deus. 

“Eu vi Jesus no Calvário, sendo açoitado e vendo pedaços de carne sendo arrancados. E em seus olhos havia um profundo amor que era interminável. Jesus sofreu muito mais do que eu, e o quanto Ele tinha me amado então. E eu sabia porque Ele me amava, Ele queria que eu fosse inteiro. Minha raiva simplesmente evaporou”, testemunhou o homem.

E então, tomado de fé, Tony começou a profetizar cura e um milagre sobrenatural aconteceu. 

“‘Dor nas costas, vá embora!', eu disse. Toda a dor foi embora. Então eu disse: 'Dedos, mexa-se' e então meus dedos se mexeram. E foi quando eu disse: 'Jesus, não me deixe cair' e, de repente, minhas pernas bateram no chão! Isso está realmente acontecendo? 'Uau, meu Senhor, meu mestre, meu Deus! Você fez isso por mim?'”, contou Tony.

Curado completamente de sua dor emocional e física, hoje Tony testemunha do amor de Deus em sua vida. “O Senhor me amou, apesar de eu estar totalmente contra Ele. Ele te ama, como você é agora. E Ele vê você como a coisa mais preciosa na face desta terra”, concluiu.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições