Jovem abandona ateísmo após pedir a Deus prova de sua existência

Kyle Wolfgang participou de uma viagem missionária que mudou seu modo de pensar.

fonte: Guiame, com informações do God TV

Atualizado: Quarta-feira, 6 Maio de 2020 as 9:50

Ex-ateu, Kyle Wolfgang hoje tem uma vida voltada ao ministério cristão. (Foto: Reprodução/Instagram)
Ex-ateu, Kyle Wolfgang hoje tem uma vida voltada ao ministério cristão. (Foto: Reprodução/Instagram)

Kyle Wolfgang cresceu na Filadélfia e conta que sempre buscou por “relacionamentos significativos”. Isso fazia com que ele migrasse de um grupo para outro, tentando se encaixar e tentando encontrar a verdadeira amizade. Mas o resultado era sempre muitas brigas.

O estilo de vida de Kyle também o levou a beber e experimentar drogas. Ele diz que acreditava que isso “o preencheria e o ajudaria a se sentir conectado”.

A busca de Kyle o levou, enfim, a um relacionamento sério que durou 5 anos, até que descobriu que sua namorada o traiu e romperam.

Essa era a vida de Kyle antes de encontrar Cristo.

Depressão profunda

Kyle era uma pessoa sem fé; ele era seu próprio Deus.

Depois dos dissabores em seu relacionamento, o jovem conta que experimentou três anos difíceis de depressão. E chegou ao ponto de tentar o suicídio muitas vezes. Ele se sentia sem esperança e não conseguia entender como as pessoas podiam ser tão cruéis.

Kyle diz que tudo aquilo o fez perder sua fé e esperança na humanidade.

Alguns anos depois, Kyle foi para uma reunião de família. Lá ele encontrou sua prima Rachel e lhe confidenciou sobre sua dor. Rachel o convidou para conhecer pessoas que, segundo ela, poderiam ajudá-lo. Kyle aceitou o convite, esperando que sua vida mudasse. De fato, pela primeira vez, ele conheceu pessoas muito gentis.

Vida de ateu

Por um momento, a depressão de Kyle o deixou. Ele estudou e aprendeu muitas coisas sobre autoajuda e autodesenvolvimento, mas percebeu que ainda estava vazio por dentro.

"Havia um vazio desagradável que não desaparecia, não importava o que eu fizesse", lembrou.

Festas, drogas, meninas, negócios, viagens, sucesso, desenvolvimento pessoal e autoajuda nunca funcionaram para Kyle. E ele não conseguia entender o porquê.

Kyle nunca acreditou em Deus. Ele era ateu. Mas um pensamento veio à sua mente e ele se perguntou: "E se realmente houver um Criador?" Após esse momento, ele começou a ser mais aberto à ideia de Deus.

Viagem missionária

Um dia, ele se juntou a um grupo para uma viagem missionária, pensando em seu próprio autodesenvolvimento. Ele estava com cristãos, mas ria deles e os chamava de "idiotas", apesar de admitir que eram ótimas pessoas.

Kyle conta que em uma manhã, um jovem foi até ele e perguntou: "Por que você não acredita em Jesus?" Ele respondeu com orgulho e explicou que odiava a religião.

“Jesus te ama e ele está vivo e quer um relacionamento com você. A propósito, você conhece esse vazio dentro de você? A única maneira de você preencher isso é através do relacionamento com Jesus”, respondeu o rapaz cristão.

Kyle conta que depois da conversa, não conseguiu tirar aquelas palavras da cabeça.

Desafiando Deus

Ele conta que seu próximo passo foi desafiar Deus: "Se você é real, prove para mim. Te darei um ano [para isso]”.

Naquele ano, ele passou seu tempo descobrindo quem é Jesus. Demorou apenas 3 meses antes que ele descobrisse a verdade.

Kyle diz que acordou em uma manhã totalmente apavorado. Ele percebeu que não sentia mais aquele vazio. Então ele caiu de joelhos e começou a clamar a Deus. Ele professou que Jesus está vivo com tanta gratidão em seu coração.

Naquele momento, Kyle entregou sua vida a Jesus e prometeu ser obediente e viver por ele. E então ele deixou tudo - festas, drogas, perseguindo mulheres, sucesso e autoajuda e decidiu seguir Jesus. Kyle foi libertado.

Hoje, Kyle está liderando seu próprio ministério para ajudar as pessoas a encontrar sua identidade em Cristo.

veja também