Filho de pastor comete suicídio e pai alerta jovens: "Abram seus corações"

A tragédia aconteceu na residência da família, onde o jovem foi encontrado enforcado por uma faixa de uniforme de jiu-jitsu.

fonte: Guiame

Atualizado: Sexta-feira, 3 Maio de 2019 as 5:32

Jovem se enforca com faixa do uniforme de jiu-jitsu do pai. (Foto: Reprodução)
Jovem se enforca com faixa do uniforme de jiu-jitsu do pai. (Foto: Reprodução)

No último domingo (28/04), o filho do apóstolo Cesar do Ministério Internacional da Restauração (MIR), que morava com a família em Ajuricaba cometeu suicídio. Em uma gravação, o pastor, que estava bastante emocionado disse que é preciso ficar alerta a situações que podem levar os jovens a tirarem a própria vida.

O pai conta que encontrou o filho Cesinha morto. “Infelizmente encontrei meu filho pendurado em minha faixa de jiu-jitsu às 7 horas da manhã”, contou. O pastor disse que estava gravando sobre o assunto como um alerta a todos, principalmente aos jovens.

“Vocês precisam se abrir com os pais de vocês, precisam pedir perdão, liberar perdão, vocês precisam pedir socorro”, disse o pastor. Para ele é importante que as pessoas não deixem “a depressão ou qualquer outro tipo de problema” tomar conta da vida da pessoa, mas que elas procurem pela ajuda de seus familiares.

“Vocês têm pai, vocês têm mãe, tios, tias... E quando um amigo mandar mensagem para vocês, alertem os pais dele”, disse o pastor, quando começou a chorar e continuou: “Se vocês tivessem me alertado meu filho estaria aqui comigo hoje, não teria acontecido o que aconteceu”.

O pastor finaliza dizendo: “Meu filho se foi, mas vocês estão ouvindo a minha voz. Espero que nenhum de vocês faça isso, se abram, abram o coração de vocês, deixe Deus trabalhar na vida de vocês. Deus abençoe a todos!”

Doença

A psicóloga cristã Marisa Lobo, diz que é preciso entender que “depressão não é frescura é doença. Não é pecado. Depressão mata, e a ignorância, o fanatismo também”.

Marisa diz que “precisamos falar sobre depressão e suicídio, nas igrejas, de forma acolhedora e não julgadora. Hoje foi o filho do querido pastor Cesar, amanhã pode ser um ente querido seu”.

A psicóloga diz que desabafo terapêutico tem poder. O amor, o diálogo têm poder e poder de cura. Deus cura, sara e liberta, inclusive a ignorância da igreja. Marisa respalda sua afirma com o texto bíblico de 1 Tessalonicenses 5.23: “Sereis irrepreensíveis no corpo alma e espírito...”.

Ela diz que a depressão afeta o ser humano em quatro dimensões (biológica, psicológica, social e espiritual), ou seja, tem que ser tratada como doença, transtorno psiquiátrico.

“Quem tira sua vida, está em crise incontrolável de ‘desespero mental’, é algo químico no cérebro, precisa de ajuda de médico, remédios, psicólogo e espiritual”, explica. 

Marisa finaliza: “Vamos abrir nossa mente em nome de Jesus. O diabo está destruindo famílias inteiras por conta dessa maldição, chamada depressão, que é entendida pela OMS (Organização Mundial de Saúde) como ‘Mal do século’”.

Ela informa que no Brasil, os casos aumentaram 40%, principalmente entre adolescentes. “Acorda mundo, acorda igreja. Que Deus tenha misericórdia desta família e deste jovem”, disse.

veja também