Pessoas otimistas podem viver mais

Pessoas otimistas podem viver mais

Atualizado: Terça-feira, 29 Maio de 2012 as 8:31

Através um estudo realizado no Instituto de Pesquisa de Envelhecimento da Faculdade de Medicina Albert Einstein, de Nova York, Estados Unidos foi revelado que o grande segredo para ter vida longa está na maneira como você a encara no dia a dia.

A maioria das pessoas centenárias é otimista, extrovertida e despreocupada. 

O estudo analisou 243 pessoas com mais de cem anos. O pesquisador Nir Barzilai disse que: “Eles consideravam riso uma parte importante da vida e tinham uma grande rede social. Eles expressam abertamente as emoções em vez de guardá-las”. E completou: “Algumas evidências indicam que a personalidade pode mudar entre as idades de 70 e 100, por isso não sabemos se os nossos centenários têm mantido seus traços de personalidade ao longo de toda a vida”.

Leia também:

Chocolate que adia o envelhecimento

Saiba como controlar a ansiedade para ter uma vida mais saudável

Estudo diz que AVC seria a principal causa de morte no Brasil

As características de personalidade positiva foram atribuídas em parte à genética. A pesquisa envolveu judeus asquenazes da Europa Oriental, que são geneticamente parecidos, e os testes mostraram que, em comparação com uma amostra representativa da população em geral, eles tinham baixas pontuações de personalidade neurótica.

A conclusão a que se chega é que grande parte da questão: "ser otimista ou não", envolve principalmente o quesito personalidade. Há pessoas mais otimistas e outras mais pessimistas. Para tentar melhorar o otimismo, quem realmente se dispõe a fazê-lo pode buscar mudar seus modos através de uma terapia que controle sua raiva. A dica vale principalmente para pessoas com temperamento hostil, por exemplo – uma característica ligada a doenças cardíacas e morte prematura.

 

 

 

 

 

Com informações de Terra

 

veja também