Proteína óssea poderia ativar a queima de gorduras

Proteína óssea poderia ativar a queima de gorduras

Atualizado: Quarta-feira, 23 Maio de 2012 as 9:32

Foi descoberto por cientistas espanhóis que uma proteína óssea, presente também no cérebro, é capaz de iniciar a queima de gorduras do corpo, um avanço que ajudará a criar remédios contra a obesidade. 

O corpo humano possui dois tipos de gordura:

Gordura branca - causadora do sobrepeso e da obesidade; e

Gordura marrom - atua como uma caldeira de calefação humana e inicia a queima de calorias e produz calor corporal.

Até pouco tempo se pensava que só os bebês e alguns outros tipos de mamíferos dispunham de tecido adiposo marrom, mas outras pesquisas mais recentes apresentaramn que este tipo de gorduras também está presente nos humanos adultos.

Leia também:

Confira 5 motivos para evitar as frituras

Comer à noite contribui para a obesidade

Perca peso com dicas simples

Essas gorduras são uma ferramenta terapêutica super importante no tratamento e na luta contra a obesidade dos cientistas do Centro de Pesquisa Biomédica em Rede de Fisiopatologia da Obesidade e da Nutrição (CIBERobn), autores do estudo.

Foram injetados em ratos de laboratório "suplementos" da proteína morfogenética óssea 8B (BMP8B), uma substância ligada aos fatores de crescimento e responsáveis pela formação de ossos, cartilagens e tecidos conjuntivos. Durante o estudo, ao aumentar os níveis desta proteína no hipotálamo cerebral das cobaias, os cientistas concluíram que isto era suficiente para aumentar "de maneira muito potente" a temperatura corporal dos animais e, consequentemente, a queima de gorduras.

Em contrapartida, os ratos carentes de BMP8B "eram marcadamente obesos, apesar de ter uma ingestão de alimentos reduzida", fato causado por "uma menor capacidade de queimar gordura no tecido adiposo marrom", explicou López.

 

 

Com informações de Terra

veja também