MENU

Israel

Milhares de cristãos se reúnem no túmulo vazio de Jesus em Jerusalém

O culto presencial foi celebrado pelo pastor britânico Stephen Bridge, diretor do ‘The Garden Tomb’, ao nascer do sol.

Fonte: Guiame, com informações do JPostAtualizado: segunda-feira, 18 de abril de 2022 17:47
Culto no ‘The Garden Tomb’ em Jerusalém. (Reprodução / Garden Tomb)
Culto no ‘The Garden Tomb’ em Jerusalém. (Reprodução / Garden Tomb)

Após três anos com o turismo fechado em Israel devido à pandemia, os cristãos puderam se reunir pela primeira vez no Domingo de Páscoa para participar dos cultos matinais no ‘The Garden Tomb’ (Túmulo do Jardim), em Jerusalém, para celebrar a morte e ressurreição de Jesus.

Stephen Bridge, diretor do The Garden Tomb, disse aos participantes do culto às 6h30, ao nascer do sol, que ele e seus colegas não sabiam quantas pessoas apareceriam neste ano.

Inicialmente, o grupo planejou apenas um culto presencial às 9h, que seria transmitido em inglês ao vivo para o mundo inteiro. Mas "sentindo o encorajamento do Senhor", Bridge decidiu realizar o culto do nascer do sol.

O pastor britânico disse que ficou surpreso ao ver os assentos do jardim completamente lotados, com muitos tendo que ficar na parte de trás e nas laterais durante o culto, tempo de oração e ensino da Bíblia.

Entre os dois cultos em inglês e o culto escandinavo do meio-dia, milhares de cristãos adoraram em frente ao túmulo onde Jesus foi sepultado, no Domingo de Páscoa.

“Localizado fora dos muros da cidade de Jerusalém, você encontrará o Túmulo do Jardim, um possível local para a crucificação, sepultamento e ressurreição de Cristo Jesus”, observa o site do ministério.

“Perto do Portão de Damasco e à sombra da Colina da Caveira, você encontrará este belo jardim com sua antiga tumba vazia. Desde 1894, o foco de nosso ministério é Adoração e Testemunho, ao declararmos a vitória do Cristo ressuscitado.”

Ensinar o Evangelho

Além dos clássicos cânticos de adoração e hinos sobre a morte e ressurreição de Jesus, várias passagens bíblicas foram lidas, incluindo o relato do primeiro domingo de Páscoa registrado no Evangelho segundo Lucas.

O diálogo entre Jesus e Marta pouco antes de Jesus ressuscitar Lázaro dos mortos também foi relatado.

O texto central

O foco principal da mensagem de Bridge foi a primeira carta do apóstolo Paulo aos seguidores de Jesus na cidade grega de Corinto.

“Agora, irmãos, vos dou a conhecer o Evangelho que vos anunciei, o qual também recebestes, no qual também permaneceis, pelo qual também sois salvos, se reterdes a palavra que vos anunciei, a menos que acreditou em vão. Porque em primeiro lugar vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu pelos nossos pecados, segundo as Escrituras, e que foi sepultado, e que ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras, e que apareceu a Cefas, depois aos doze. Depois disso Ele apareceu a mais de quinhentos irmãos de uma só vez, a maioria dos quais permanece até agora, mas alguns adormeceram; depois apareceu a Tiago, depois a todos os apóstolos; e por último, como a um prematuro, Ele apareceu também a mim”. (1 Coríntios 15:1-8)

“A ressurreição mudou tudo”, disse Bridge. “Não há dúvida de que a vitória foi conquistada na cruz. Foi na cruz que Jesus destruiu os poderes de Satanás e tomou tudo sobre si. E Ele disse: 'Está consumado.' E quando o puseram no túmulo, seu espírito já estava com o pai em suas mãos. 'Pai, eu entrego o meu espírito.' E deu seu último suspiro”.

“O trabalho [de vencer a maldição do pecado e da morte] foi feito no que chamamos de Sexta-feira Santa, mas a vitória foi revelada no domingo de Páscoa e transformou o mundo”, continuou Bridge.

O pastor passou a compartilhar como sua fé transformou fundamentalmente sua própria vida e deu vários exemplos de como Deus respondeu suas orações e curou seu pai de um problema cardíaco grave, bem como seu filho de fadiga crônica.

“Não temos toda a cura que queremos ou precisamos deste lado da ressurreição, nossa ressurreição”, observou Bridge. “Mas a cura foi lançada no mundo. E Deus restaura luzes quebradas. Fisicamente, mentalmente, espiritualmente, ele traz restauração àqueles que ama. É por isso que ele veio... Então, se em algum momento de sua vida você está sofrendo sob os poderes destrutivos do maligno, para este propósito, Cristo foi revelado para destruir aquela coisa que está roubando suas vidas. Ele está aqui para curar agora.”

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições