Visão de Jesus faz homem salvar 280 meninas estupradas por terroristas do Estado islâmico

Centenas de mulheres estavam abrigadas em um acampamento por medo de retornarem às suas casas, pois seriam mortas para limpar a honra da família.

fonte: Guiame, com informações do God Reports

Atualizado: Terça-feira, 19 Novembro de 2019 as 11:13

Farida tinha 17 anos quando foi forçada a escravidão sexual pelo EI; mais tarde, ela escapou. (Foto: Reprodução/God Reports)
Farida tinha 17 anos quando foi forçada a escravidão sexual pelo EI; mais tarde, ela escapou. (Foto: Reprodução/God Reports)

Na cultura de honra e vergonha do Oriente Médio, se uma mulher é estuprada, isso envergonha a família e eles têm o dever de matá-la.

“Ela é morta duas vezes, uma vez por [ser vítima de] estupro e outra por sua família”, diz o irmão George*, um plantador de igrejas no Oriente Médio da Missão Novo.

De acordo com George, eles acham que o estupro é uma vergonha para a família e eles para lavar e restaurar a honra, devem matar as mulheres que foram as vítimas desse crime.

"Depois que ela é morta, a única coisa que a polícia pode fazer é manter o marido, pai ou irmão preso por 24 horas, apenas para provar que é um crime de honra; só isso", explica o missionário.

Em 2014, terroristas do Estado Islâmico invadiram aldeias no norte do Iraque e tomaram milhares de mulheres yazidi e cristãs como escravas sexuais.

Mas recentemente, quando o EI se desfez, essas mulheres conseguiram escapar. “Elas não podiam voltar para casa porque seriam mortas”, diz o irmão George. "Elas foram colocadas em um campo, porque, se fossem para casa, seriam mortas", explica.

Jesus aparece

Um homem Yazidi compartilhou sua história com o irmão George. Ele tem cinco filhos, dois meninos e três filhas. Todas as três meninas foram tomadas como escravas pelo EI. O mais velho tinha 22 anos. Um de seus dois filhos foi morto pelo ISIS e o outro está desaparecido.

Uma noite, o Yazidi foi dormir e teve a visão de Jesus em seu sonho. Ele reconheceu Jesus porque mostrou ao homem as mãos furadas.

Jesus disse ao homem: “Você não precisa matar suas filhas ou alguém. Eu paguei por todos, então vá buscar suas filhas”.

"O homem acordou e pensou que isso não poderia ser real. Ele voltou a dormir e teve exatamente o mesmo sonho”, contou.

Então ele acordou de novo, voltou a dormir e teve o mesmo sonho pela terceira vez. Ele acredita que teve um sonho para cada filha.

De manhã, ele reuniu os anciãos (Yazidi) e contou o que aconteceu.

"Jesus apareceu na minha tenda", declarou ele, para seu espanto. "Vou pegar minhas garotas e ninguém vai tocá-las."

Por causa de Jesus, ele conseguiu extrair com sucesso suas meninas do acampamento, trazê-las para casa com segurança e convencer os outros homens Yazidi a recuperar suas filhas sem prejudicá-las.

“Seis semanas depois, o acampamento fechou e todas as 280 meninas voltaram para suas famílias. É isso que o Evangelho faz”, testemunha George.

Agora, existem muitas jovens Yazidi que visitam Novo regularmente e recebem aconselhamento para cura de trauma e treinamento para discipulado.

*Nome fictício por segurança.

veja também