Jovens levam caixão a ônibus para pregar: “Muitos vivem como se Deus estivesse morto”

O movimento aconteceu na última sexta-feira (15), por ocasião do feriado de Páscoa. “Ele não morreu, mas ressuscitou”, disse o pregador.

Fonte: Guiame, com informações de MetrópolesAtualizado: sexta-feira, 22 de abril de 2022 14:58
Jovens evangelizam em transporte público levando um caixão. (Foto: Captura de tela/YouTube TvM)
Jovens evangelizam em transporte público levando um caixão. (Foto: Captura de tela/YouTube TvM)

Em Goiânia, um grupo de jovens cristãos usou a criatividade e fez uma pregação diferente, na sexta-feira do dia 15 de abril — data conhecida como sexta-feira santa.

Eles entraram num ônibus carregando um caixão, enquanto pregavam aos passageiros. O líder do grupo, Winicius Calisto, da Igreja Sara Nossa Terra, organizou o movimento que foi registrado em vídeo. 

A situação inusitada chamou a atenção de muitas pessoas. Durante a pregação, foi apresentada uma reflexão: “Se você morresse hoje, pelo o que você seria lembrado?”.

“A morte dele faz sentido até hoje”

“Muita gente aqui poderia ser lembrado como um péssimo pai ou uma péssima mãe, um péssimo filho, colega ou amigo. Como só mais um drogado ou só mais uma pessoa que existiu”, especificou. 

O jovem continua a pregação enfatizando que, há mais de dois mil anos, uma morte aconteceu e que ninguém esquece.

“Porque numa sexta-feira, um cara resolveu morrer por mim e por você e a morte dele faz sentido até hoje”, disse.

“Muitos passam a vida inteira como se Deus estivesse morto”

O jovem continuou dizendo que muitos poderiam estranhar um caixão dentro de um ônibus. “Mas, tem muita gente que anda com um crucifixo no pescoço, carregando Jesus como se ele estivesse morto”, alertou. 

“Muitos passam a vida inteira como se Deus estivesse morto, nem existisse ou nem se preocupasse com você”, continuou. 

“Não sei para quem é essa pregação, mas estou orando por isso faz uma semana. Não sei quem precisa ouvir isso, mas Deus me trouxe aqui para trazer a resposta da sua oração de ontem à noite”, compartilhou. 

“Ele ressuscitou por nós”

A pregação terminou destacando que Jesus não morreu, mas ressuscitou por nós: “Por isso, temos uma oportunidade, hoje, de mudar a nossa história”.

O jovem finalizou orando e pedindo para que as pessoas fechassem seus olhos para orar com ele. Muitos aceitaram esse convite.

Atualmente, muitos movimentos entre jovens cristãos têm servido de inspiração para a Igreja no Brasil. Entre eles, o “Inconformados Rua”, no Rio Grande do Sul, formado por jovens da Assembleia de Deus. 

Durante a pandemia, eles levaram cobertores, agasalhos e refeições, além de pregarem a palavra aos moradores de rua, conforme mostra a reportagem do Guiame. “Vamos às ruas porque cremos num avivamento”, disseram os jovens na ocasião.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições