Goleiro fala da luta do filho contra câncer: ‘Em nome de Deus creio que está curado’

Thomazella se emociona ao vencer a competição e diz que o maior título de sua carreira é a vitória do filho.

Fonte: Guiame, com informações de UOLAtualizado: segunda-feira, 25 de abril de 2022 17:33
Thomazella, goleiro da Portuguesa e seu filho Gustavo. (Foto: Captura de tela/Instagram Thomazella Oficial)
Thomazella, goleiro da Portuguesa e seu filho Gustavo. (Foto: Captura de tela/Instagram Thomazella Oficial)

Depois da homenagem feita a Gustavinho, filho de Thomazella — goleiro da Portuguesa — o jogador falou sobre sua fé: “Em nome de Deus acredito que ele está curado”. 

Eleito melhor goleiro do Paulista A2, Carlos Thomazella ajudou a Portuguesa a conquistar o título da competição, no dia 17 de abril, mesmo num momento em que enfrenta uma luta pela vida do filho. 

Em novembro de 2021, o filho de Thomazella, Gustavo, então com três anos, foi diagnosticado com linfoma de Burkitt, um tipo raro de câncer no intestino. Na ocasião, o goleiro disse que pensou em pausar a carreira.

“Para nós foi um choque, um baque, porque a gente não esperava. Quando recebemos a notícia de que era um tumor, parece que a gente perdeu o chão. Ficamos muito abalados, sem saber o que fazer. É inevitável, o primeiro pensamento que vem na cabeça é sempre o pior", detalhou Thomazella em entrevista ao UOL.

Momento marcante

O goleiro decidiu falar publicamente sobre o drama que estava vivendo na família quase três meses depois da cirurgia do filho, no início de fevereiro, após a vitória de 1 a 0 sobre a Lemense, na quarta rodada da competição

Ao se abrir sobre seus problemas, foi rapidamente abraçado pela torcida da Portuguesa, que levou até faixas ao estádio. 

“A torcida me abraçou de uma forma inexplicável. Depois desse dia que eu divulguei, fomos jogar com o São Caetano, em casa, e já tinha faixas no estádio, mandando força para mim, para o meu filho Gustavo, e eles gritando o nome dele”, contou. 

Thomazella também compartilha que entrar com Gustavo no colo e apresentá-lo à torcida na vitória de 2 a 0 sobre o São Bento, que deu o título da Série A2 do Paulista à Portuguesa, foi a realização de um sonho. 

“Foi um momento muito marcante. Todo mundo começou a gritar o nome dele. Ele olhou com uma cara assim, de quem não estava acreditando. 'Nossa é para mim que eles estão gritando?!' Ele ficou muito feliz”, disse sobre o momento em que todos cantavam: “Gustavo guerreiro” e “Ão, ão, ão Gustavinho é Leão”. 

“Deus foi bom demais”

Ao falar sobre a recuperação rápida do filho logo após uma fase do tratamento de quimioterapia, Thomazella ressalta que “Deus foi bom demais”. 

“Esse é o momento de tirar a armadura de atleta profissional e virar pai, filho, esposo e marido. O maior título da minha carreira é a vitória do meu filho”, disse ao citar que o tratamento está previsto para terminar em junho deste ano. 

Ao final da entrevista ele também elogiou sua esposa Natália: “Meu amor, te amo demais, você é muito guerreira. Tenho certeza que Deus tem coisas maravilhosas para nós. Muito obrigado por tudo”, concluiu. 

 

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições