Pró-vida em palavras e ação: Igreja ajuda mães e grávidas que desistiram do aborto

Um ministério foi criado para cuidar de mulheres durante e após a gravidez: “Somos pró-vida desde a concepção até o fim da vida”.

Fonte: Guiame, com informações de CBN NewsAtualizado: quarta-feira, 1 de junho de 2022 17:54
Ministério de ajuda às grávidas protege vidas inocentes. (Foto: Prestonwood Pregnancy Center)
Ministério de ajuda às grávidas protege vidas inocentes. (Foto: Prestonwood Pregnancy Center)

Um ministério da Igreja Batista Prestonwood, no Texas, que atua na região de Dallas Fort Worth, há 30 anos, está comemorando a inauguração de seu novo “Family Resource Center”. 

O ministério  ajuda mulheres durante e após a gravidez, fornecendo berços, fraldas, lenços umedecidos, produtos de banho, alimentos, roupas para gestantes e até brinquedos para os bebês. Além disso, oferece aconselhamento para pais e mães. 

“O ministério Prestonwood Pregnancy Center foi iniciado para atender às crescentes demandas de nossos clientes que escolheram a vida”, disse a diretora executiva, Leanne Jamieson, à CBN News. “É a igreja sendo pró-vida e pró-amor, tanto em palavras quanto em ações”, ela afirmou. 

“Temos a responsabilidade de cuidar das pessoas”

Leanne explica que o ministério primeiro pensou nos membros da Prestonwood, mas que tem parceria com outros ministérios de ajuda às grávidas. 

“Prestonwood valoriza a vida e prometemos acolher todos aqueles que optaram pela vida, para que sejam pais e mães conforme o Senhor os chamou para ser”, disse ao se referir àqueles que rejeitaram o aborto como opção

Jack Graham, pastor da Igreja Batista Prestonwood, explicou como o ministério está focado em servir às mulheres durante e após a gravidez. 

“Queremos ser o tipo de cristãos que estão lá para as pessoas, não apenas durante a gravidez, mas depois. Somos pró-vida desde a concepção até o fim da vida”, esclareceu. 

“Temos a responsabilidade de cuidar das pessoas em todas as fases da vida. É por isso que um ministério que fornece recursos para as famílias é tão importante”, disse ainda. 

Jack conta que entre os serviços médicos oferecidos, sem custo, estão testes de gravidez e ultrassom. Nas últimas três décadas, mais de 97 mil mulheres passaram pelo ministério, decididas pela vida de seus bebês

Influência de um ministério pró-vida

Do início de 2022 até o momento, através da influência do Prestonwood Pregnancy Center, 1.707 mulheres mudaram de opinião sobre o aborto, 46 adoções foram reconhecidas e 113 mulheres receberam a salvação em Cristo. 

Muitos casais puderam contar ainda com sessões gratuitas de coaching e aconselhamentos relacionados à gravidez.  

Em abril deste ano, O Texas conseguiu manter a “lei do batimento cardíaco” — que proíbe o aborto assim que as batidas do coração do bebê são detectadas. 

Outros estados dos EUA decidiram pela lei pró-vida e estão tomando medidas agressivas em defesa dos nascituros. 

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições